AGRICULTORES: ATUALIZANDO SUA FORMA DE INVESTIR

AGRICULTORES: ATUALIZANDO SUA FORMA DE INVESTIR

O Brasil é um dos principais produtores mundiais e, por esse motivo, o setor do agronegócio chama atenção para investimentos

O ano de 2019 foi positivo para a agricultura brasileira, com a exportação atingindo US$ 96,8 bilhões. Com esse resultado, o Brasil continua consagrando-se como um dos principais produtores mundiais e ganhando cada vez mais ânimo para investir no segmento. Para atingir expectativas cada vez maiores, os agricultores precisam planejar uma série de possíveis interferências na produção, que possam causar uma volatilidade no seu desempenho.

Já existem países que deram o seu passo à frente para garantir que as oscilações do mercado não intervirão no faturamento do produtor. Como, por exemplo, os Estados Unidos, que no ano passado exportaram R$ 128 bilhões em produtos agrícolas, e utilizam uma grande ferramenta para o setor do agronegócio: o mercado futuro. Para o próximo ano, o país tem 1,5 milhão de contratos de milho negociados no mercado financeiro até setembro de 2021, e 837 mil de soja. Sendo que, cada contrato, tem uma média de 136 toneladas.

Aqui no Brasil, a ferramenta de hegde para os agricultores ainda não é muito utilizada. Se compararmos ao índice norte-americano, o nosso país tem quase 37 mil contratos de milho e mil de soja negociados no mercado financeiro. Um índice muito baixo se comparado às possibilidades e segurança que o recurso proporciona. O principal motivo para que os americanos negociem parte de sua safra no mercado financeiro, é a proteção contra a volatilidade do mercado e uma garantia de preço para a produção com a oscilação do mercado influenciado, por exemplo, pelo clima, oferta e demanda, dólar, sanções comerciais e ciclos econômicos.

Essa ferramenta de hegde está a favor do produtor para que ele possa ter um controle no gerenciamento de risco de preço e, assim, não ficar suscetível diante de tantas incertezas do mercado. Uma das premissas para o agricultor é compreender que investir está muito além de aumentar o seu patrimônio físico mas, sim, proteger a sua produção com as possibilidades que o mundo dos investimentos oferece. E os produtores possuem uma grande ferramenta à disposição.

Para operar com mais segurança e assertividade, a Allez Invest tem uma equipe de agentes especializados em commodities, para apresentar o melhor plano para a garantia de lucratividade de sua safra.

Por Renan Hamilko, sócio-proprietário da Allez Invest

Texto publicado originalmente na TOPVIEW


allez